Dieta Mediterrânea, Por Que Tantas Pessoas Estão Aderindo?

Compartilhem Com Seus Amigos (a):
RSS
Facebook
Google+
http://controledopeso.com/dieta-mediterranea/
Twitter
Seguir Por E-mail

A dieta mediterrânea como o próprio nome diz se originou nos países que formam a região do mediterrâneo e vem fazendo cada vez mais sucesso no dia a dia de quem quer sempre manter a boa forma.

Essa dieta vem com um diferencial entre tantas dietas da moda. Ficou curiosa (o) em saber qual é? Então continue lendo para descobrir.

Como Funciona a Dieta Mediterrânea?

Muitos profissionais como nutricionistas e endocrinologistas são a favor da dieta mediterrânea. Isso porque o grande diferencial dela é que preza por uma alimentação saudável.

Com um cardápio rico em:

  • – Hortaliças;
  • – Frutas;
  • – Cereais;
  • – Pães e sementes;
  • – Leite e derivados, principalmente de iogurte e queijo diariamente.
  • – Ervas aromáticas para o tempero das refeições.

De acordo com a dieta mediterrânea as carnes vermelhas devem ser consumidas esporadicamente. A preferência deve ser por carnes brancas, ou seja, peixes e frango. O peixe deve fazer parte do cardápio de 3 a 4 vezes na semana.

E se você aprecia um bom vinho esta dieta permite o consumo de vinho tinto diariamente.

vinho-tinto-3Mas atenção! É permitida uma taça de vinho apenas para acompanhar as suas refeições.

Você deve dar uma atenção especial para o tipo de gordura que você escolhe para o seu cardápio. Acredite! As gorduras correspondem de 35 a 40% do valor calórico total da dieta. No entanto, a prioridade deve ser para as gorduras do bem. Presente nas frutas oleaginosas como nozes e castanhas e no azeite de oliva extra virgem.

Essas gorduras também estão presentes em alimentos com proteínas vegetais como:

  • – Lentilha;
  • – Grão de bico;
  • – Feijão;
  • – Soja.

Além disso, você deve substituir os alimentos à base de farinha branca (muito comum na alimentação ocidental) pelos integrais.

 

Quais os Alimentos Que Devem Ser Excluídos do Cardápio?

Devem ficar de fora do cardápio alimentos como:

  • – Alimentos industrializados, que além de calóricos são ricos em sódio e aditivos químicos;
  • – Alimentos ricos em açúcar branco, aliás, nesta dieta o consumo de doces deve ser o mínimo possível.

Para o sucesso desta dieta o segredo é deixar a sua alimentação o mais natural possível.

 

dieta-mediterrânea

 Por Que a Dieta Mediterrânea Emagrece?

A resposta está no consumo de grande quantidade de fibras presente nas hortaliças, alimentos integrais incluindo os grãos e frutas. E mais! Por ser rica em gorduras essa dieta traz a saciedade necessária para você perder peso.

Além disso, é uma dieta com muitos alimentos in natura o que faz com que o seu organismo elimine muitas toxinas e o emagrecimento será apenas uma consequência.

Quais São os Benefícios Desta Dieta?

A dieta mediterrânea é rica em vitaminas e minerais, fibras e antioxidantes. Com todos estes nutrientes além de promover o emagrecimento quem segue a dieta mediterrânea garante a diminuição de até 70% do risco de desenvolver doenças do coração.

Qualquer Pessoa Pode Seguir Esta Dieta?

Sim, é o tipo de dieta que pode ser seguida por qualquer pessoa. Caso você tenha algum tipo de doença pré-existente como diabetes, por exemplo, esta dieta deve ser adaptada para atender as necessidades específicas para o tratamento.

Quantos Quilos São Possíveis Perder?

A dieta mediterrânea não é só uma mudança de hábitos alimentares. É a combinação das mudanças alimentares com a prática regular de atividade física. Se você seguir direitinho este conceito conseguirá perder de 2 a 5 quilos em um mês!

Sugestão de Cardápio da Dieta Mediterrânea:

dieta mediterrânea

Café da Manhã:

  • – 1 iogurte desnatado com uma colher de sobremesa de aveia.
  • – 1 copo de suco natural sem açúcar (pode usar de 3 a 4 gotas de adoçante).

 

Lanche da Manhã:

  • – 1 maçã.

 

Almoço:

  • – Salada de folhas a vontade.
  • – Legumes variados abusem das cores quanto mais cores mais nutrientes.

Tempere com azeite e decore com castanhas trituradas.

  • – 1 filé de salmão ao forno regado com azeite.
  • – 3 colheres (sopa) de arroz integral.

Nesta dieta você está liberada (o) para comer alimentos fonte de carboidratos.

Mas deve dar sempre preferência aos integrais que são de baixo índice glicêmico e dão mais saciedade, além de ajudarem a prevenir diversos tipos de doenças.

 

Lanche da Tarde:

  • – Bolachas integrais com queijo.

 

Jantar:

  • – 1 filé de frango grelhado.
  • – Brócolis e couve flor ao vapor com azeite.
  • – Salada de folhas.
  • – 1 taça de vinho ou suco de uva integral.

Sobremesa: 1 fruta de sua preferência

Dica: O vinho tem uma substância chamada resveratrol um poderoso antioxidante. Graças aos antioxidantes presentes nesta dieta, você fica livre de muitas doenças e com uma pele sempre bonita e jovem.

Como você pode ver o azeite é um alimento essencial na dieta mediterrânea. Mas cuidado! Mesmo sendo uma gordura saudável, não deixa de ter calorias. Busque sempre pelo equilíbrio. No vídeo abaixo veja sobre a dieta mediterrânea no Globo Repórter.

A dieta mediterrânea é sem sombra de dúvidas uma dieta mais que saudável para você perder peso. Se você gostou busque por uma orientação específica de um nutricionista para adaptar as quantidades da dieta as suas necessidades.

O acompanhamento do profissional é de extrema importância para que você tenha ótimos resultados e consiga mantê-los.

Vamos lá, compartilhe o que aprendeu com os amigos (as)!

Leve mais pessoas com você para uma melhor qualidade de vida.

 

Curta a Nossa Fan Page: Facebook.com/ComoBaixarPesoRapido
Twitter: Twitter.com/PerderPesoSim
Google Plus: Plus.Google.com/ComoBaixarPesoRápido
Canal do YouTube: Youtube.com/ComoBaixarPesoRápido
E-mail: marcos@controledopeso.com

Salvar

Compartilhem Com Seus Amigos (a):
RSS
Facebook
Google+
http://controledopeso.com/dieta-mediterranea/
Twitter
Seguir Por E-mail